O futuro da mobilidade com MINI e Rolls-Royce

Veículos foram pensados para as próximas décadas
Veículos foram pensados para as próximas décadas

Já imaginou como será a mobilidade nas próximas décadas? Se era difícil imaginar há década dos avanços do carro autônomo e do boom dos serviços online de compartilhamento de veículos, hoje dá para acreditar que vem muita coisa incrível por aí. E uma destas maravilhas começa a tomar forma em projetos do grupo BMW.

Como parte das comemorações de seu centenário, a montadora acaba de revelar dois carros-conceito para as marcas MINI e Rolls-Royce. O MINI Vision Next 100 e o Rolls-Royce Vision Next 100 materializam a visão de projetistas e engenheiros sobre a mobilidade nas próximas décadas.

O carro-conceito MINI, por exemplo, foi pensado como o futuro do carro sob o aspecto do envolvimento emocional e como a empresa pretende acompanhar um mundo cada vez mais conectado e digitalizado. O uso dos recursos é criterioso e voltado pra o compartilhamento do automóvel, apesar da individualidade que o modelo sugere em sua concepção.

O MINI do futuro estará totalmente acessível ao motorista, no local desejado e de forma totalmente autônoma, adaptando-se aos desejos pessoais, interesses e preferências de quem estiver ao seu comando. E no ponto central está a inteligência digital e conectada. “A MINI procura oferecer mobilidade inteligente e evidenciada em cidades, e que envolvem todos os sentidos. E, no futuro, você não necessariamente precisará possuir um veículo para desfrutar dos benefícios“, explica o vice-presidente sênior de Design do BMW Group, Adrian van Hooydonk.

“Digitalmente Meu” é uma das abordagens de temas do concept car. Permite que o veículo se torne instantaneamente adaptável às necessidades do motorista, ideal em situações de compartilhamento de carros. Um dispositivo central possibilita selecionar uma configuração customizada para cada condutor, envolvendo entretenimento, comunicações e opções de condução autônoma.

Rolls-Royce
Primeiro veículo puramente visionário na história de 112 anos da marca, o Rolls-Royce Vision Next 100 foi desenhado com o cuidado de garantir o futuro dentro dos apelos da marca como luxo, exclusividade, superação das expectativas e a combinação entre o trabalho artesanal e as novas tecnologias e tendências futuristas. Estas questões foram traduzidas para um veículo leve e movido a eletricidade.

O carro-conceito pode ser configurado de acordo com as necessidades de cada cliente, desde a configuração da carroceria até detalhes tecnológicos. Entre os aspectos-chave para uma nova dimensão de luxo automotivo, o Rolls-Royce Vision Next 100 incorpora o conceito de Visão Pessoal, em que os próprios clientes poderão encomendar seus próprios carros aos projetistas da marca por meio de um chassi construído artesanalmente a partir de materiais avançados e alimentados por um motor de emissões zero.

O veículo também é equipado com um assistente virtual batizado de Eleanor, em referência à modelo Eleanor Thorton, que serviu de inspiração à confecção da estatueta Spirit of Ecstasy (Espírito do Êxtase), tradicional ornamento que adorna o capô dos modelos da Rolls-Royce. Trata-se de uma representação virtual do adereço que surge no visor de LED e cuja inteligência cibernética é capaz de aprender sobre as necessidades e interesses dos ocupantes.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

Série 7: Nova geração de BMW superluxo desembarca no Brasil em junho

BMW Série 7 chega ao Brasil com versões a partir de R$ 709 mil
BMW Série 7 chega ao Brasil com versões a partir de R$ 709 mil

Superluxuoso, Série 7, o sedã topo de linha da BMW, terá as vendas da sexta geração iniciadas no Brasil em junho. Além de novos padrões de conforto, o veículo trará para o mercado nacional uma nova experiência ao dirigir um carro do segmento. Entre as novidades, destacam-se o acionamento do sistema multimídia de gestos com as mãos e o uso de polímeros reforçados com fibra de carbono na estrutura do carro.

Na versão BWW 750Li M Sport, equipada com motor V8 4.4 litros e potência de 450 cavalos, o preço estipulado é de R$ 709.950,00. O sedã invocado acelera de zero a 100 km/h em 4,7 segundos e chega a 250 km/h, limite estabelecido eletronicamente. O interior inclui material de alto padrão, com acabamento em madeira nobre com detalhes em metal e couro.

“O lançamento da nova geração do BMW Série 7 no mercado brasileiro reitera nosso compromisso com o País. Além de oferecer um produto com os mais avançados recursos tecnológicos concebidos pelo BMW Group, a empresa segue sua estratégia de disponibilizar toda a sua gama de veículos com um intervalo cada vez menor em relação aos lançamentos globais do grupo”, celebra Helder Boavida, presidente e CEO do BMW Group Brasil.

Conforto
Série 7 traz também novas experiências de conforto. O sistema Comfort Access permite a abertura e o fechamento automático das portas sem contato manual, inclusive porta-malas. Já a função Soft Close as puxa automaticamente fechando-as completamente. Todos os bancos possuem ajustes elétricos, aquecimento, ventilação e massageador.

Quem viaja atrás conta com o Executive Lounge Seating, que possibilita que o banco dianteiro direito seja rebatido em até 90 milímetros, além de abrir automaticamente um apoio para os pés instalado atrás do banco do passageiro dianteiro.

Equipamentos de entretenimento elevam a experiência de conforto dos passageiros. A lista inclui som de alta precisão, telas de 10 polegadas de alta resolução com leitor Blu-Ray instaladas nos encostos dos bancos traseiros. Todos os itens são comandados por um tablet de sete polegadas, integrado ao descanso de braço central traseiro.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Modernawww.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

BMW rompe parceria com Dafra e anuncia produção própria

Montadora aposta em motocicletas de baixa cilindrada para ciclo urbano
Montadora aposta em motocicletas de baixa cilindrada para ciclo urbano

A fábrica própria do BMW Group para a produção de motocicletas entrará em operação no segundo semestre em Manaus (AM). Da célula sairão unidades da BMW G 310 R – aposta da marca para o mercado nacional – e outros oito modelos já em produção no país.

Para o ano que vem, a previsão é de que siam da linha de produção mais de 10 mil unidades. A nova fábrica substituirá a linha de montagem também localizada em Manaus e que opera por meio de parceria com a Dafra Motos desde 2009. A nova unidade deve gerar 170 empregos no período inicial das atividades.

De acordo com o BMW Group, o Brasil é um mercado estratégico, especialmente em seus planos de introduzir o modelo abaixo das 500 cilindradas. “Com nossa estratégia de crescimento global, reforçamos nossa presença em mercados emergentes como o Brasil. Nesse contexto, a G 310 R desempenhará um papel fundamental na atração de novos públicos para a BMW Motorrad”, comenta Stephan Schaller, Presidente da BMW Motorrad globalmente.

“Hoje é um marco importante para a BMW Motorrad no Brasil, que consolida a grande expansão nacional que tivemos desde o início da montagem no País, em 2009. A nova fábrica da BMW Motorrad em Manaus reforça a relevância do Brasil nas estratégias do BMW Group em médio e longo prazos. Temos expectativas positivas em relação ao mercado brasileiro no futuro”, afirma Federico Alvarez, Diretor da BMW Motorrad Brasil.

A transição entre a Dafra e a fábrica própria da BMW será feita gradualmente, sem impacto no abastecimento de produtos ao mercado nacional.

A meta da BMW Motorrad é atingir o patamar de 200 mil unidades vendidas por ano até 2020. Presente em 27 países, montadora tem investido nos mercados da Ásia e da América do Sul e com foco cada vez maior na mobilidade urbana.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Modernawww.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

BMW anuncia vagas de emprego em SC

Montadora vai na contramão da indústria automotiva, que suspendeu 8 mil contratos entre janeiro e março
Montadora vai na contramão da indústria automotiva, que suspendeu 8 mil contratos entre janeiro e março

Na contramão das montadoras, que fecharam milhares postos de trabalho no primeiro trimestre, a BMW do Brasil anunciou a criação de 300 vagas na fábrica em Araquari (SC). As contratações, em regime temporário, reforçam o time de 700 colaboradores para dar início ao plano de exportações para os Estados Unidos.

Inicialmente, a montadora deve embarcar para o mercado norte-americano 10 mil unidades do BMW X1. O anúncio foi feito dias depois da decisão do governo de oferecer novas condições de financiamento para a indústria exportar.  A primeira remessa será exportada em julho.

“Iniciamos um novo e significativo capítulo do BMW Group Brasil, que reforça nosso compromisso com o investimento no País. Além de fortalecer a nossa posição no mercado, a iniciativa demonstra que a fábrica de Araquari atende a todos os requisitos de qualidade e eficiência exigidos pelo BMW Group, estando apta a fornecer veículos para outros mercados, entre eles, o norte-americano, reconhecidamente um dos mais exigentes do mundo”, exalta Helder Boavida, Presidente e CEO do BMW Group Brasil.

A proposta de exportar o X1 surgiu por conta da demanda do modelo nos Estados Unidos. Atualmente, o modelo é importado da Alemanha para o mercado norte-americano. “Além de desafiador, esse projeto é estratégico para a operação da nossa fábrica em Araquari na medida em que nos permite explorar de maneira mais efetiva a capacidade de produção local. Importante também que o projeto gera emprego e renda no norte catarinense, mantendo o compromisso assumido de contribuir para o desenvolvimento da região“, afirma Carsten Stöcker, Vice-Presidente Sênior responsável pela fábrica do BMW Group em Araquari.

Três versões do BMW X1 XDrive 28i serão produzidas no…[LEIA MAIS]

Importados têm queda de 44% nas vendas no trimestre

Discovery Sport é o modelo importado mais vendido, com pouco mais de 1 mil emplacamentos no trimestre
Discovery Sport é o modelo importado mais vendido, com pouco mais de 1 mil emplacamentos no trimestre

Balanço divulgado pela Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa) aponta retração de 44,2% nas vendas no primeiro trimestre do ano, que encerrou com 9.860 unidades. No mesmo período do ano passado foram comercializados 17.670 veículos.

Leia também: Trimestre tem queda de 23% nas vendas de veículos

Indústria automotiva encerra trimestre com 28,6% de baixa nas vendas

Em março, as vinte marcas filiadas à Associação registaram o comércio de 3.317 importados, alta de 15% em relação a fevereiro. Já na comparação com março do ano passado, quando foram licenciadas 5.834 unidades, houve queda de 43,1%.

No setor que contempla a produção local, associadas BMW, Chery, Mini e Suzuki encerram março com 710 emplacamentos, alta de 36,3% na comparação com fevereiro e…[LEIA MAIS]

Governo de Brasília suspende compra de motos BMW por Detran

"Aventureira": motocicleta de luxo seria usada em fiscalização de trânsito
“Aventureira”: motocicleta de luxo seria usada em fiscalização de trânsito

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, reagiu às críticas sobre a compra de 14 motocicletas de luxo para o Departamento de Trânsito (Detran-DF) e determinou, nesta quarta-feira, 27, a suspensão do processo. No momento em que o governo atravessa uma crise financeira, a autarquia anunciou a compra dos veículos BMW ao custo de R$ 648 milhões.

Rollemberg afirmou em nota que “é preciso observar as características dos veículos bem como os valores investidos, tendo em vista a atual crise financeira do Distrito Federal”.

O Detran teve de justificar ao governador quais foram os critérios para a aquisição das motocicletas. Pela manhã, depois de analisar o material e as considerações de especialistas sobre a possibilidade de adquirir veículos mais simples, o governador optou pela suspensão da compra.

“O processo será encaminhado para análise da Procuradoria-Geral do Distrito Federal. Além disso, o Detran deverá reavaliar as especificações das motocicletas. As novas unidades terão de observar os critérios técnicos para reposição da atual frota, de forma a atender adequadamente às necessidades…[MAIS]

BMW agiliza serviços globais de concessionárias com Level 3

CND vai auxiliar concessionárias no atendimento aos clientes
CND vai auxiliar concessionárias no atendimento aos clientes

Do Portal Voit – A Level 3 anuncia que a BMW, fabricante premium de automóveis e motocicletas, é usuária dos serviços de Rede de Entrega de Conteúdo (CDN – Content Delivery Network) da Level 3 para acelerar o fluxo de informações entre sua matriz em Munique e suas mais de 4 mil concessionárias em todo o mundo. A CDN da Level 3 faz parte de um projeto de atualização de infraestrutura da BMW.

A BMW usa o serviço CDN da Level 3 para enviar grandes volumes de dados de alta largura de banda para suas concessionárias globais, substituindo a distribuição baseada em DVD que a companhia utilizou por vários anos. A solução foi projetada com nível alto de redundância, para assegurar disponibilidade máxima o tempo todo.

As concessionárias utilizam as informações para acessar com segurança informações chave, bem como configurar veículos para os clientes, aplicar softwares de correção (patches) ou atualizar sistemas de navegação.

Com a CDN da Level 3, de acordo com a fornecedora, a BMW possibilita as suas concessionárias responder mais rápido às exigências dos clientes. Os funcionários da BMW carregam os ativos de informação relevantes na plataforma de armazenamento da Level 3. Depois disso, as concessionárias se conectam à plataforma após autenticação. A solução detecta automaticamente onde a concessionária está localizada e seleciona um servidor para fornecer desempenho rápido e confiável. A solução CDN então verifica a URL da Web e as credenciais de log-in da concessionária que, depois disso, pode baixar os dados em poucos segundos.

“Permitir que a BMW melhorasse significativamente…[MAIS]

PRF prende motorista que usava controle remoto para ocultar placa. [Assista ao vídeo]

Sistema burlava fiscalização eletrônica
Sistema burlava fiscalização eletrônica

Um casal estrangeiro preso por portar uma pistola de uso restrito na tarde desta segunda-feira, 4, burlava a fiscalização eletrônica de velocidade de forma inusitada. O veículo interceptado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma rodovia de Cascavel, na região Oeste do Paraná, tinha um dispositivo que ocultava a placa acionado por controle remoto.

O controle estava escondido no porta-luvas do veículo de luxo, um BMW X6, com placas da Argentina. O casal alegou que pretendia passar férias em Santa Catarina.

O motorista, um ucraniano de 39 anos, portava a arma calibre .40 com 25 munições e que estava pronta para uso e com um carregador reserva. Além dele, foi presa a esposa, uma argentina de 47 anos.

Presos em flagrante por tráfico internacional de armas de fogo de uso restrito, cuja pena varia de seis a 12 anos de reclusão, os dois ocupantes portavam ainda um spray de pimenta e uma arma de choque, além do equivalente a cerca de R$ 173 mil em dinheiro e cheques, em moedas brasileira, paraguaia, argentina e norte-americana.

Já o crime de adulterar sinal identificador de veículo prevê pena de reclusão de três a seis anos. A PRF encaminhou os dois presos, as armas, o dinheiro e o veículo para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

Veja como funcionava o dispositivo no vídeo feito pela PRF:

Carros roubados
Uma megaoperação realizada pela PRF no Maranhão resultou na apreensão de 68 veículos roubados. Dezenas de pessoas foram presas em flagrante por roubo, furto e receptação de veículo, uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo.

Os automóveis recuperados haviam sido roubados…[MAIS]

Confira as atrações do Salão do Veículo Elétrico

Porsche Cayenne híbrido: uma das estrelas no salão
Porsche Cayenne híbrido: uma das estrelas no salão

A 11ª edição do Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos, que vai até este sábado, 26, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, na capital paulista, reúne desde modelos “populares” do mercado, como Toyota Prius, até grandes estrelas, caso do Cayenne Hybrid, da Porsche, e i3, da BMW.

O público estimado de 6 mil pessoas também poderá conferir outras atrações como walking machines, carrinhos de golf, bicicletas elétricas e drones. A mobilidade urbana e o transporte público também marcam presença com a exposição de ônibus elétricos da chinesa BYD.

“Em sua décima primeira edição, o Salão do Veículo Elétrico é o maior evento da América Latina na área e uma referência obrigatória no calendário deste segmento”, comemora Ricardo Guggisberg, presidente da ABVE-Associação Brasileira do Veículo Elétrico, promotora do evento.  “O Salão oferece atrações para o público em geral e também para os especialistas que trabalham na área, já que nosso objetivo é tanto popularizar a tecnologia como fomentar o mercado”, completa.

Outros modelos de automóveis estarão expostos como o Renault Zoe, o JAC IEV – Intelligent Electric Vehicle, o Kia Optima Híbrido, o Kia Soul EV, o Lexus CT 200h, e o BYD e-6.  A pista para testes, ao lado da Smart City, promete ser um dos pontos mais visitados, pois será onde o público poderá experimentar algumas das novidades.  Ela foi instalada…[MAIS]

Volkswagen divulga lista de veículos fraudados nesta 6ª

Vendida no Brasil, picape Amarok pode estar na lista de veículos afetados
Vendida no Brasil, picape Amarok pode estar na lista de veículos afetados

A lista dos veículos afetados pela manipulação de gases poluentes em motores a diesel será divulgada nesta sexta-feira, 25, pela Volkswagen. O anúncio foi feito por um porta-voz da empresa alemã um dia depois de o presidente Martin Winterkonr deixar o posto por conta do escândalo.

Pelo menos 11 milhões de veículos com motor turbodiesel estão afetados. A montadora vai especificar na relação dos veículos, que incluem também modelos da Seat, Audi e Porsche, os locais de vendas.

No Brasil, o motor com a mesma configuração e que pode estar na lista é da picape Amarok, produzida na Argentina. A Seat admitiu o “amplo uso” de motores com o problema em vários modelos na Espanha.

Segundo o ministro dos Transportes da Alemanha, Alexander Dobrint, a fraude envolve veículos na Europa. Dobrindt destacou informação da Volkswagen de que na Europa também há veículos com motores…[MAIS]