Operação contra o transporte clandestino tira 100 veículos irregulares de circulação

Operação contra o transporte clandestino tira 100 veículos irregulares de circulação

by 8 de dezembro de 2014 0 comments

operaao-300x186Cerca de 100 veículos irregulares foram apreendidos em operação deflagrada no o país contra o transporte clandestino interestadual de passageiros. A Operação Coiote, como foi batizada, levou policiais rodoviários federais e agentes a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a fiscalizarem 495 veículos.

A operação mobilizou 93 servidores, entre fiscais e policiais, e 60 viaturas.

Foram aplicadas cerca de 300 autuações por conta de irregularidades no transporte. O objetivo da operação, perto das festas de final de ano, é coibir o aumento natural na demanda pelo transporte rodoviário de passageiros. Os riscos de usar o transporte clandestino também foram mostrados por agentes aos passageiros.

Vários veículos foram apreendidos na ação por trafegar fora dos padrões de segurança e em desacordo com o exigido quanto à qualidade da prestação do serviço, entre alas, falta de segurança e conforto dos passageiros.

Foram intensificadas as abordagens em cinco eixos onde há maior demanda pelo transporte clandestino no país. São eles os estados de Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Tocantins. Durante a operação foram montadas barreiras nos municípios de Posse (GO), Igarapava (SP), Montes Claros (MG), Vitória da Conquista (BA) e Guaraí (TO).

Os resultados completos da operação foram os seguintes:

– 495 veículos que realizavam transporte interestadual de passageiros fiscalizados;

– 93 veículos apreendidos por realizar o transporte interestadual clandestino de passageiros;

– 282 autos de transporte de passageiros (ANTT e PRF);

– 542 veículos de carga e passeio fiscalizados (ANTT e PRF);

– 235 autos de infração pelo Código de Trânsito Brasileiro (PRF);

– 52 autos de infração de transporte de carga (ANTT e PRF);

– 56 documentos recolhidos – CRLV e CNH – (PRF);

– 538 pessoas fiscalizadas (PRF).

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta