Novos radares portáteis já multam motoristas em Maceió

Novos radares portáteis já multam motoristas em Maceió

Novos radares portáteis já multam motoristas em Maceió

by 20 de março de 2015 0 comments
Radares registraram 90 infrações na primeira hora de funcionamento

Radares registraram 90 infrações na primeira hora de funcionamento

Os novos radares portáteis adquiridos pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió (SMTT) já estão em operação para coibir infrações por excesso de velocidade em vias públicas da capital alagoana. Logo no primeiro dia de operação, na Avenida Menino Marcelo, fiscais do órgão multaram 90 condutores em uma hora com o uso do equipamento.

O coordenador de Operações de Trânsito da SMTT, Wanderson Freitas, afirma que os novos radares vão tornar mais eficiente a fiscalização nas vias. “Além de trazer um grande auxílio em nossas operações, a utilização do radar portátil também é uma maneira de conscientizar os condutores, visto que o objetivo principal do órgão é diminuir o número de acidentes nas avenidas da cidade que registram altos números de ocorrência”, enfatizou.

O órgão afirma que as vias públicas definidas para a fiscalização com o uso dos radares terão placas de sinalização indicando o limite de velocidade, conforme previsto na Resolução nº 396 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Somente fiscais da superintendência vão manusear os equipamentos. . “Os agentes ficam na via apontando o medidor para os veículos que trafegam pelo local. Caso seja registrado o aumento da velocidade, o condutor do veículo será autuado referente à infração cometida”, finalizou.

Infrações
Exceder o limite de velocidade da placa de sinalização em vias públicas é infração prevista no artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Pela legislação, trafegar em velocidade superior à máxima permitida no local, medida por instrumento ou equipamento hábil, implica em infrações que vão de média a gravíssima.

Para quem excede o limite de velocidade em 20%, a multa é de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Entre 20% e 50% é considerada infração grave, com multa de R$ 127,69 e cinco pontos. Quem excede o limite de 50% da velocidade comete infração gravíssima, com multa de R$ 574,62 e sete pontos na carteira, além da suspensão do direito de dirigir.

O excesso de velocidade é uma das principais causas de graves acidentes. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgados no Manual de Segurança para Pedestres, revelam que as probabilidades de uma pessoa sobreviver a um atropelamento se tornam ligeiramente mais baixas a partir de um impacto a 50 km/h. O estudo aponta que um aumento de 5% na velocidade média leva a um aumento de cerca de 10% nas colisões com lesões e de 20% nas colisões fatais.

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta