Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

by 9 de outubro de 2015 0 comments

…incluídos trechos da BR-282 entre São Cristóvão e Irani e também o segmento que vai de Chapecó a São Miguel do Oeste, além da BR-158 que vai da BR-282 até a divisa com o Rio Grande do Sul. “Neste trecho que nós estamos apontando só a agroindústria movimenta 1.100 carretas diárias de produtos”, destacou.

Existe a preocupação de que o comércio e o escoamento de boa parte da produção do Oeste não sejam desviados dos portos catarinenses para Paranaguá (PR) e Rio Grande (RS). O que o governo federal está colocando em concessão são os segmentos da BR-153, que vai da divisa do Paraná com o Rio Grande do Sul, e o segmento da BR-282, que vai de Irani até Chapecó.

Além da Fiesc, farão parte do grupo o Departamento Nacional de Infraestrutura  de Transportes (DNIT), a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), a Federação das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC), o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura, Agronomia (CREA-SC), a Associação Catarinense de Engenheiros (ACE), a Associação Nacional do Transportador, Usuários de Estradas, Rodovias e Ferrovias (Antuerf) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Pages: 1 2

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta