Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

Grupo vai acompanhar privatizações de BRs em Santa Catarina

by 9 de outubro de 2015 0 comments
Privatizações podem provocar desvio de escoamento de produção em portos de SC para outros estados

Privatizações podem provocar desvio de escoamento de produção em portos de SC para outros estados

Preocupados com o previsível aumento das tarifas de pedágio, parlamentares, entidades e órgãos governamentais formaram um grupo para acompanhar os processos de duplicação e privatização das BRs 282 e 470 em Santa Catarina. A frente também vai discutir a viabilidade técnica, orçamentária e o andamento dos projetos.

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) defende a alocação de recursos para a conclusão dos contratos já existentes para que só depois as rodovias passem para concessão. Desta forma, a tarifa de pedágio seria destinada para manter aquele patrimônio, o que impactaria menos no custo para os motoristas.

“A nossa preocupação é, com esse programa do governo federal de concessão, como ficam os contratos vigentes, hoje existentes, como o de duplicação da BR-470, que vai de Navegantes até o acesso de Indaial?”, indagou o engenheiro civil e consultor da Federação das Indústrias do Estado (Fiesc), Ricardo Saporiti. “A grande preocupação da federação das indústrias é que se estes contratos forem rescindidos e passar para a concessão, os preços iniciais daquele serviço vão aumentar e muito. Com o aumento desses preços o que acontece é que a tarifa inicial do pedágio vai ter um preço proibitivo para o usuário”, argumentou.

Outra proposta defendida pelo grupo é que na primeira etapa de concessões sejam…[MAIS]

Pages: 1 2

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta