Crescimento da frota goiana desacelera no trimestre

Crescimento da frota goiana desacelera no trimestre

Crescimento da frota goiana desacelera no trimestre

by 19 de abril de 2016 0 comments
Em janeiro, transferências de veículos de outros estados para Goiás cresceram 156%

Em janeiro, transferências de veículos de outros estados para Goiás cresceram 156%

A influência da crise econômica também é percebida no trânsito goiano. No mesmo patamar dos resultados em todo o país, os registros de veículos novos no Estado caíram 21,6%, de janeiro a março deste ano, em relação ao mesmo período de 2015. Em 2015 foram incluídos 60.289 veículos contra 47.228 em 2016, no intervalo analisado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO).

Apesar de contar com menos dias úteis, fevereiro foi o melhor mês para as vendas de veículos zero km no Estado. Foram emplacadas 15.913 unidades no período ante 18 mil, no segundo mês do ano anterior. A maior baixa foi registrada em março, que teve 15.896 unidades vendidas, 26,94% a menos se comparado aos 21.760 mil emplacamentos em março do ano passado.

Leia também: Mercado de veículos espera reação em outubro

Alternativa para a maior parte dos brasileiros que agora enfrenta a inflação e o poder de compra reduzido, os usados registraram leve reação. Foram transferidos para Goiás 26.966 veículos de outros estados nos três primeiros meses de 2015, contra 28 mil neste trimestre, alta de 3,8%.

Na comparação entre os meses, houve forte oscilação nos resultados. Em janeiro, as 7.531 unidades transferidas representaram uma alta de 156% em relação às 2.941 unidades do primeiro mês do ano de 2015. Já em março, houve redução de 34,17%: de 15 mil unidades em 2015 para 9.874, no ano seguinte.

Capital
Na capital Goiânia, a retração nos registros de veículos novos foi de 14,75%. Foram 21.267 veículos emplacados em 2015 contra 17.436, em 2016. Janeiro foi o pior mês para o segmento, que sofreu queda de 26,9% nos licenciamentos, com 5.904 unidades, ante 8.080 do mesmo período do ano passado.

Já o comércio de usados, que no primeiro trimestre do ano passado registrou 8.548 transferências, teve alta de 22,34%, com 10.458 unidades no mesmo período de 2016. Na contramão do mercado de zero km, janeiro foi um mês bom para o setor de usados, que registrou 2.694 transferências, 162% a mais em relação às 1.026 unidades vendidas em igual período do ano passado.

Nacional
A rede de distribuição de veículos encerrou o primeiro trimestre do ano com um…[LEIA MAIS]

Pages: 1 2

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta