INÍCIO

Carros que não combinam com posto de gasolina

Carros que não combinam com posto de gasolina

by 19 de fevereiro de 2016 1 comment
De tanque cheio: os modelos nacionais mais econômicos.

De tanque cheio: os modelos nacionais mais econômicos.

Em tempos de crise, a economia é palavra de ordem e gastar menos com combustível é essencial, diante da alta histórica nos preços da gasolina e do etanol, vilões da inflação. A indústria também se mexeu e tem oferecido motores mais potentes e de baixo consumo. E órgãos de defesa do consumidor ranquearam os modelos que oferecem ao comprador o privilégio de rodar mais até a próxima visita ao posto de combustível.

 

Abaixo, confira uma lista da Seguradora Ituran dos veículos que oferecem economia máxima ao motorista:

1º Volkswagen Up!

up

Todas as versões que vem com o motor 1.0 de 3 cilindros e câmbio manual levam a nota máxima na classificação da PBEV. Quando abastecido com etanol, esse modelo roda, em média, 9,2 km por litro de combustível na cidade, e 10,2 km/l na estrada. Com gasolina as médias aumentam, respectivamente, para 13,5 km/ e 14,6 km/l.

2º Renault Clio

Renault Clio

Possui motor 1.0 de 4 cilindros e câmbio manual. Na versão com ar condicionado, esse carro consegue fazer, com etanol, 9,1 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada. No caso de ser abastecido com gasolina, os números passam para 13,1 km/l (cidade) e 14,3 km/l (estrada). Já as versões sem ar condicionado conseguem ser ainda mais potentes: 9,5 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada com etanol, enquanto que, com gasolina, chegam a 14,3 km/l (cidade) e 15,8 km/l (estrada).

3º Ford Ka

Ford Ka

 

Conhecido dos brasileiros por ser um carro compacto e econômico, o Ford Ka também está presente na lista da PBEV. A versão com motor 1.0 de 3 cilindros faz, segundo o Inmetro, 8,9 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada, quando utiliza apenas álcool. Ao abastecer com gasolina, as médias ficam em 13,0, para trechos urbanos, e 15,1 km/l, ao rodar na estrada.

Classificação
O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), elaborado pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e pelo CONPET (Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural) mede a eficiência energética dos veículos. A montadora não é obrigada a participar do programa, portanto, somente fabricantes que aderiram têm seus veículos avaliados.

A tabela permite ao consumidor verificar dados como a emissão de gases poluentes, emissão de CO2 – gás responsável pelo efeito estufa – e a quilometragem por litro.

Os automóveis recebem classificações que vão de A a E. A categoria…[MAIS]

Pages: 1 2

1 Comment so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.