Cabify: Espanhola chega ao Brasil para brigar com Uber

Cabify: Espanhola chega ao Brasil para brigar com Uber

Cabify: Espanhola chega ao Brasil para brigar com Uber

by 25 de abril de 2016 0 comments
Cabify estabelece valor fixo por distância percorrida e abre participação a taxista

Cabify estabelece valor fixo por distância percorrida e abre participação a taxista

Além da pressão de taxistas e governos contrários ao serviço de carona remunerada, o aplicativo Uber terá, a partir de maio, um forte concorrente no Brasil. O app espanhol Cabify, que já opera em seis países, inicia as atividades em São Paulo dentro da proposta de estabelecer-se no país e ampliar a operação na América Latina.

Há cinco anos, Cabify iniciava o atendimento na Espanha com a mesma proposta do Uber: conectar motoristas particulares a passageiros e intermediar caronas remuneradas. À Agência Reuters, o chefe das Operações da Cabify no Brasil, Daniel Velazco Bedoya, afirmou que a empresa aguardava um cenário mais favorável, que surgiu após a Prefeitura de São Paulo regulamentar o táxi preto. Para Bedoya, o Brasil tende a ser a maior fonte de receita da empresa. O serviço deve ser lançado em breve em outras quatro cidades do país.

Cabify oferece a motoristas autônomos a opção de cadastro, mas o serviço também poderá ser prestado por taxistas. Diferente do Uber, que cobra valores mais altos em horários de pico e locais de grande demanda, o app concorrente vai atuar com tarifa fixa baseada na quilometragem percorrida.

Polêmica
O polêmico Projeto de Lei 421/2015 em tramitação na Câmara de Vereadores de São Paulo com a proposta de regulamentar o modelo de compartilhamento de automóveis por meio de aplicativos deve ser votado nesta semana. Na última quarta-feira, 20, o assunto voltou a esquentar os ânimos de participantes contrários e favoráveis ao PL em audiência pública na casa.

Aprovada em primeira votação, a matéria está na fase de contribuições, que envolve também…[LEIA MAIS]

Pages: 1 2

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta