Fisco paulista cobra IPVA de veículos registrados irregularmente em outros estados

Proprietários de veículos que circulam no Estado de São Paulo licenciados irregularmente em outros estados estão na mira da Secretaria da Fazenda Paulista. São 4.397 automóveis que totalizam débitos que passam dos R$ 12 bilhões referentes ao exercício 2014 do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Delegacias Regionais Tributárias notificam proprietários pessoas físicas com domicílio tributário em São Paulo. Apesar de licenciados fora de São Paulo, esses veículos utilizam rotineiramente vias públicas e estradas paulistas. Eles foram monitorados por radares instalados nas praças de pedágio com a tecnologia de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR).

Por meio do rastreamento, o sistema relaciona as placas de fora do Estado e confronta com os arquivos do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Os dados dos donos dos veículos são então conferidos pelo fisco com os da Receita Federal para confirmar o domicílio tributário, a partir do uso do endereço eleito pelo contribuinte para fins de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

A partir da notificação, os proprietários terão 30 dias para efetuar o pagamento do IPVA 2014, com acréscimos legais, sob pena de inscrição na dívida ativa. Ou, se for o caso, apresentar defesa. As notificações estão amparadas na Lei nº 13.296/2008 que, em seu artigo 4º define que o imposto é devido no local do domicílio ou da residência do proprietário do veículo neste Estado.

No mês de junho foram notificados proprietários de 2.648 veículos. Os débitos pendentes de IPVA totalizam R$ 7.391.256,70. As próximas notificações previstas para publicação em julho compreendem R$ 4.953.648,56 em débitos referentes a 1.749 veículos, que serão lançados pelas Delegacias Regionais Tributárias do Litoral, Campinas, Bauru, Araçatuba, Guarulhos e Capital/III (Butantã).

 

Veja a relação de veículos por região:

Delegacia Regional Tributária Nº de Veículos Valor dos débitos
DRTC-I – SP/Tatuapé 340 R$ 906.281,89
DRTC-II – SP/Lapa/Santana 438 R$ 1.202.332,47
DRTC-III – SP/Butantã 736 R$ 2.252.874,44
DRT-02 – Litoral 205 R$ 524.454,86
DRT-03 – Vale do Paraíba 239 R$ 555.506,44
DRT-04 – Sorocaba 191 R$ 530.178,11
DRT-05 – Campinas 380 R$ 1.006.652,86
DRT-06 – Ribeirão Preto 339 R$ 1.029.394,76
DRT-07 – Bauru 124 R$ 365.818,06
DRT-08 – S. José do Rio Preto 123 R$ 432.475,05
DRT-09 – Araçatuba 160 R$ 469.011,56
DRT-10 – Presidente Prudente 134 R$ 495.259,05
DRT-11 – Marília 128 R$ 372.868,24
DRT-12 – ABCD 192 R$ 444.758,23
DRT-13 – Guarulhos 144 R$ 334.836,78
DRT-14 – Osasco 242 R$ 698.938,05
DRT-15 – Araraquara 114 R$ 301.936,42
DRT-16 – Jundiaí 168 R$ 421.327,99
Total: 4.397 R$ 12.344.905,26

 

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

Postos Shell passam a aceitar pagamento via PayPal

Paypal-Shell

Alinhado à sua campanha global “Reinvente a sua forma de pagar“, o PayPal fecha acordo com a Raízen, que licencia a marca Shell no Brasil, em seu mais novo lançamento: o aplicativo Shell Box, que além de oferecer o serviço de pagamento do abastecimento via celular com o PayPal, também possui a funcionalidade de localização dos postos Shell mais próximos e participação nas promoções da marca.

Veja o vídeo para conhecer detalhes da parceria e saber como pagar.

Caso não consiga ver o vídeo, CLIQUE AQUI

Segundo os executivos das duas empresas,  “…o pagamento via aplicativo é rápido, simples e seguro para o consumidor: basta baixar o aplicativo Shell Box na Apple Store ou Google Play e vincular sua conta do PayPal“, explica Eduardo Wantuil, diretor de marketing da Raízen.

Mário Mello, diretor geral do PayPal para a América Latina, comenta: “Caso o consumidor não possua uma conta PayPal, poderá cadastrar dentro do próprio aplicativo Shell Box. A partir daí as transações de abastecimento serão realizadas pelo aplicativo, sem necessidade de algum outro dispositivo ou que o consumidor precise sair do carro.”, diz o executivo.

A funcionalidade de pagamento do Shell Box, desenvolvida pela Raízen, já está disponível na cidade de Goiânia e em algumas cidades no Estado do Rio de Janeiro e interior de São Paulo.

O Shell Box tem como objetivo potencializar a experiência do consumidor Shell no posto, que terá benefícios exclusivos, participando de promoções inéditas pelo celular, usufruindo do serviço de localização de postos Shell mais próximos, além da funcionalidade de pagamento do abastecimento via PayPal.

Servidores do Detran-SP cumprem acordo e voltam ao trabalho

 

Paralisação durou duas semanas
Paralisação durou duas semanas

A greve de servidores públicos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP) chegou ao fim. Depois de duas semanas, trabalhadores voltaram aos seus postos de trabalho. A categoria voltou pela suspensão do ato em assembleia no último sábado, 2, na qual 89,4% dos participantes concordaram com as negociações.

De acordo com a autarquia, serão criados grupos de trabalho, constituídos de representantes dos servidores e do órgão, para analisar a pauta de reivindicações. Os trabalhadores terão os dias descontados na folha de pagamento pelos dias não trabalhados ressarcidos mediante compensação. A Associação dos Empregados Públicos do Detran-SP afirma que as orientações sobre o pagamento dos dias descontados em folha serão publicadas nos próximos dias.

O Detran afirma ainda que os prazos para emissão de documentos voltarão à normalidade gradativamente.

Agentes e oficiais de trânsito que recebem, respectivamente, R$ 4,5 mil e R$ 1,8 mil, são concursados e contratados no regime CLT. Desde que entraram, em 2013, tiveram 80,2% de reajuste em seus vencimentos, que passaram de R$ 1.059,70 para os atuais R$ 1.908,00.

A reivindicação de vale-refeição, no valor de R$ 23 por dia, já foi atendida para todos os profissionais. A licitação do benefício está em curso.

A direção da associação afirma que acompanhará o cumprimento acordado na proposta e que poderá convocar assembleias extraordinárias para definição de novos rumos. “Todos os procedimentos jurídicos também estão sendo adotados para encaminharmos a demanda ao judiciário caso necessário, dessa forma a aprovação da proposta nos permitirá, além de trabalhar de fato na busca pelo reajuste de forma técnica, respaldar juridicamente a categoria em uma futura ação coletiva”, afirmou a associação por meio de nota.

“Nos orgulhamos muito do empenho de toda a categoria e parabenizamos a todos os companheiros que tornaram essa conquista possível! É apenas o primeiro de muitos passos a serem dados na conquista de nossos direitos”, concluiu.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

Maio tem redução em mortes no trânsito paulista

No mês de maio, 64% das mortes ocorreram por colisões e atropelamentos
No mês de maio, 64% das mortes ocorreram por colisões e atropelamentos

O número de mortos no trânsito no Estado de São Paulo foi 11% menor em maio na comparação com o mesmo período do ano passado. Já no período acumulado de cinco meses, a redução foi de 7% na comparação com o quinquimestre de 2015, com 173 óbitos a menos.

Já os acidentes com vítimas diminuíram 27%, demonstrando índices positivos com relação à meta de 2020, de redução pela metade no número de vítimas fatais nas vias. Os dados são do Infosiga-SP, relatório que reúne informações sobre óbitos e acidentes com vítimas em consequência do trânsito. As estatísticas de mortos têm como base boletins de ocorrência registrados pela Polícia Civil. Já os dados sobre acidentes com vítimas utilizam informações da Polícia Militar Estadual e Polícia Rodoviária Federal. A ferramenta reúne dados sobre gênero, faixa etária, tipos de acidentes, como por exemplo, colisões ou atropelamentos e tipos de vítimas, como motociclistas ou pedestres.

No mês de maio, 64% das mortes ocorreram por colisões e atropelamentos; 82% envolveram o sexo masculino; 23% jovens entre 18 e 29 anos. Além disso, motociclistas e pedestres se apresentam como principais perfis de vítima, com 28% e 27% dos óbitos respectivamente. Em relação ao acumulado do ano, de janeiro a maio de 2016, o Infosiga-SP mostra praticamente os mesmo resultados, em termos de características das vítimas e acidentes.

Redução
A redução da violência no trânsito é atribuída pelo governo paulista às ações de educação no trânsito e projetos de mobilidade urbana. O Centro Paula Souza, com o apoio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, desenvolve ação de conscientização e capacitação de educadores em temas relacionados ao trânsito, para que estes criem projetos e estimulem a abordagem desse assunto com seus alunos em sala de aula.

Em 2013 foi criado o Direção Segura, programa da PM que tem caráter preventivo, educativo e fiscalizatório, que atua na redução de acidentes e mortes causados pelo consumo de álcool combinado com direção. A Operação Direção Segura Integrada é um trabalho realizado em conjunto com a Polícia Civil, a Polícia Militar, a Polícia Técnico-Científica e o Detran-SP. Ao todo, 7.106 pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante de janeiro a maio deste ano. Dessas, 525 cometeram crime de trânsito em razão do teor alcoólico apontado pelo etilômetro (bafômetro).

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

Santuário de Aparecida atrai mais turistas que Torre Eiffel

Santuário de Aparecida atrai 12 milhões de fiéis todos os anos
Santuário de Aparecida atrai 12 milhões de fiéis todos os anos

Fé, história e cultura têm trazido cada vez mais visitantes às atrações do turismo religioso no Brasil, que supera até mesmo roteiros que são referência mundial. O Santuário de Nossa Senhora de Aparecida é o principal destino de fiéis, por onde passaram 12 milhões de peregrinos em 2014, o dobro de visitantes à Torre Eiffel em 2013. Os dados são de relatório sobre as tendências de viagens na América Latina produzido pela World Travel Market.

Apresentado todos os anos na Inglaterra, o documento que destaca as tendências emergentes para o mercado de viagens latino-americano enfatiza a devoção e a fé como motores do turismo religioso no Brasil. Patrimônios religiosos são considerados destinos expressivos que atraem cerca de 330 milhões de turistas por ano. Além disso, os valores político-sociais também são um capital, já que o nicho, de acordo com o relatório, estimula a tolerância respeito e empatia por meio de interações entre visitantes e as comunidades que os recebem.

Em 2014, foram 7,7 milhões de viagens domésticas no Brasil motivadas pela fé, de acordo com o Ministério do Turismo – o equivalente ao total de viagens domésticas no Uruguai em 2012. As viagens representam um papel importante na economia de cidades como Juazeiro do Norte, no Ceará, e Cachoeira Paulista, em São Paulo. A cidade cearense é destino de cerca de 2,5 milhões de peregrinos devotos de Padre Cícero todos os anos – o dobro do total de viagens domésticas no Paraguai no ano de 2014.

Planeje sua viagem
Localizada a 189 quilômetros da capital paulista e a 269 km do Rio de Janeiro, Aparecida é acessada pela Via Dutra (BR-116) e está perto de outros atrativos para os católicos como a Canção Nova, Guaratinguetá e Lorena. O Radar Nacional levantou os custos para paulistanos e cariocas que pretendem viajar ao município sede do segundo maior templo católico do mundo, seja de carro ou de ônibus.

Partindo de São Paulo, quem vai de carro gastará…[LEIA MAIS]

Confira a localização de radares na capital paulista

Multas devem gerar R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos neste ano
Multas devem gerar R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos neste ano

A capital paulista deve registrar mais de 15 milhões de multas neste ano, um aumento de 50% em relação a 2013, quando 10,1 milhões de autuações foram aplicadas. A indústria da multa rendeu só neste ano meio bilhão de reais aos cofres da Prefeitura – 30% a mais se comparado com o primeiro quinquimestre de 2015 – , valor que deve chegar a R$ 1,2 bilhão até o final do ano. Para que o leitor paulistano esteja precavido, o Radar Nacional disponibiliza a relação completa de radares instalados na cidade. Os arquivos com as listas da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-SP), que podem ser baixados no final do texto, trazem informações precisas de pontos onde estão os controladores de velocidade fixos e estáticos.

Por meio de um site, a prefeitura alegou que daria transparência sobre a fiscalização de trânsito e multas aplicadas. Mas os números anuais diferem-se dos dados apresentados pela Companhia de Engenharia de Trafego (CET-SP). O site fala em 8,8 milhões de multas aplicadas em 2013 e 9,3 milhões, em 2014. No entanto, a CET apresenta outros números: 10,1 milhões e 10,6 milhões, respectivamente.

O boom de multas virou caso no Ministério Público, que acusa o prefeito Fernando Haddad de improbidade administrativa por aumentar a arrecadação e, ainda, destinar indevidamente os valores. A ação foi acatada pela 5ª Vara da Fazenda Pública e coloca ainda na lista de responsáveis por irregularidades os secretários Jilmar Tatto (Transportes) e Rogério Ceron (Finanças).

No argumento da promotoria, criou-se uma “indústria da multa” na capital paulista, com autuações inapropriadas e desvio de finalidade do que é arrecadado. O MP avalia que o dinheiro não poderia ter sido usado na construção de terminais de ônibus e pagamentos de salários de agentes da CET.

Outro lado
Em nota, a CET-SP afirma que não há indústria da multa e que houve o aumento das infrações cometidas. “Desde 2013, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) implementou várias medidas de segurança por meio do Programa de Proteção à Vida com ações educativas, melhoria na sinalização, revitalização semafórica e iniciativas de segurança viária, com a padronização do limite de velocidade na cidade”, diz o texto.

“As medidas representam uma queda de 20,6% no número de mortes no trânsito na cidade de São Paulo em 2015, sendo que 257 vidas foram salvas na comparação entre janeiro e dezembro de 2014 com o mesmo período do ano passado. Pesquisa recente mostrou que a maioria dos acidentes foi provocada ou teve a participação de motoristas habitualmente multados por excesso de velocidade ou por avançar o sinal vermelho. Além disso, apenas 32% dos condutores tiveram infrações multadas no ano passado, o restante não recebeu nenhuma multa”, continua.

Por fim, a companhia afasta a afirmação de que houve divergência nos dados. “Não há divergência dos dados. Os números divulgados anteriormente sobre multas, mostravam as autuações processadas (não eram, ainda, consideradas penalidades, apenas notificações). A partir de agora,  os dados disponibilizados no site de Mobilidade Segura consideram as emissões como penalidades, que são  computadas após o prazo de 70 dias das notificações”, conclui.

 

Abaixo, as listagens de radares para download (fonte: CET-SP):

Radares em São Paulo

Radares estáticos

Radares fixos

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

Confira a previsão de tráfego na saída para o feriadão em SP

Confira os melhores horários para viajar no feriadão
Confira os melhores horários para viajar no feriadão

Milhões de veículos circularão pelas rodovias paulistas neste feriado de Corpus Christi. Antes de seguir rumo ao litoral ou interior do Estado, confira a previsão de tráfego nos sistemas:

Anchieta-Imigrantes – Para quem for utilizar o sistema administrado pela Ecovias, o maior fluxo é aguardado para o período da manhã desta quinta-feira, 26, quando a concessionária implantará a Operação Descida (7×3) às 10h, com previsão de permanência até às 15h. A subida será feita apenas pela pista norte da rodovia dos Imigrantes. Durante o feriado, são esperados entre 160 e 265 mil veículos.

Já na volta, o fluxo de veículos deve ficar mais intenso a partir das 11h de domingo, 19, quando será implantada a Operação Subida. A subida será feita pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pista norte da Anchieta. A operação deve permanecer até as 21h.

Castello Branco-Raposo Tavares – Cerca de 600 mil veículos devem passar pelo sistema no feriado até as 24h do domingo, 29. De acordo com Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR ViaOeste, o fluxo de veículos deve se intensificar a partir do fim da tarde da quarta. “Estimamos que os motoristas comecem a se deslocar a partir das 16h e o tráfego siga mais intenso até às 22h”. Caso o usuário prefira viajar na quinta-feira, a recomendação é que ele vá somente à tarde, após às 15h. O movimento estará mais carregado desde às 7h, especialmente na região entre Osasco e Barueri.

Na volta, o motorista que usar as rodovias no sentido Capital deve iniciar a viagem antes do almoço se quiser fugir do trânsito pesado. A previsão é de fluxo mais intenso entre 12h e 20h.

Tamoios – A Concessionária Tamoios estima que 135 mil veículos trafeguem pela rodovia no período. O horário de maior pico será na quarta-feira (25), das 14h às 20h, e na quinta (26), das 07h às 14h. Na quarta-feira, às 13h, terá início a Operação Descida, com a disponibilização de uma faixa adicional sinalizada por balizadores para a pista de descida (sentido Caraguatatuba) no trecho de Serra (do km 68 ao km 81).

No domingo, o motorista encontra maior concentração de veículos das 12h às 22h. O usuário deve redobrar a atenção ao trafegar pelo km 27,8 e km 52,3, no trecho de Planalto, onde há estreitamento de pistas.

Ayrton Senna-Carvalho Pinto – O tráfego para o feriado chega a 1 milhão de veículos. A contagem leva em conta o período entre a 0h de quarta-feira (25) e 23h59 de domingo (29). Na saída dos motoristas para o feriado prolongado, a previsão é de que o fluxo de veículos seja mais intenso das 15h às 18h de quarta-feira (25) e entre 08h e 14h de quinta-feira (26).

Nos períodos de maior movimento no sentido litoral e interior, a Ecopistas poderá implantar a Operação Faixa Reversível, na qual os condutores que se dirigem à cidade de Campos do Jordão e ao sul de Minas Gerais terão uma faixa exclusiva para trafegar, entre o km 128 e o km 130 da rodovia Carvalho Pinto. A faixa da esquerda da pista que opera em direção a São Paulo terá seu sentido invertido e servirá como mais uma opção aos motoristas. A velocidade máxima permitida nessa faixa será de 80 km/h. No retorno a São Paulo, a Ecopistas aguarda maior fluxo de veículos entre 14h e 18h de domingo (29).

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Modernawww.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

[LISTA] Os modelos mais emplacados em SP

HRV é o terceiro no ranking de vendas em SP
HRV é o terceiro no ranking de vendas em SP

O ranking de vendas de veículos de passeio zero km em São Paulo, que registrou 24.820 emplacamentos em abril, é liderado pelo GM Onix, com 3.120 unidades. A segunda posição é do Hyundai HB20, líder de vendas na primeira semana de maio, que no mês passado registrou 2.843 licenciamentos. O topo três é encerrado com o suvinho HR-V, da Honda, com 2.014 unidades vendidas.

Na quarta posição dos mais vendidos aparece o Corolla, sedan da Toyota que registrou 1.794 vendas mês passado. O quinto colocado é o Prisma, sedan compacto da GM que teve 1.425 emplacamentos no período. Outro destaque de vendas no quadrimestre, o Jeep Renegade atinge no quarto mês do ano 1.292 emplacamentos, cravando a sexta posição.

Compacto mais vendido na versão 1.0 no ano passado, Ford Ka é o sétimo do ranking da rede paulista de distribuição de veículos, com 1.256 unidades. Volkswagen Up! é o oitavo da lista, com 1.231 unidades e o Gol, também da montadora alemã, assume a nona posição cm 1.214 licenciamentos. O ranking tem outro Volkswagen, que fica na décima posição, com 1.170 unidades.

Nacional
Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves em todo o Brasil tiveram queda de 9,06% em abril na comparação com março – foram 157.579 contra 173.270 unidades, respectivamente. Em relação a abril de 2015 – 211.614 unidades – as vendas diminuíram 27,62%. Foram emplacadas 622.620 unidades no quadrimestre, contra 860.255 no período acumulado de 2015.

Para Alarico Assumpção Júnior, presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), há forte influência do cenário político no desempenho fraco do setor. “A falta de uma visão clara de um futuro político e econômico faz com que os consumidores estejam mais contidos na realização de compra de bens e de investimentos, assim como os bancos estão mais cautelosos na oferta de crédito. Também as recentes notícias do aumento das taxas de juros sobre saldos devedores, somadas ao alto índice de desemprego, retardam o desejo de consumo da população. Esses e outros fatores resultaram na retração acumulada no primeiro quadrimestre deste ano”, argumenta.

A Federação revisou mais uma vez para baixo as previsões de faturamento para este ano. A expectativa é agora é de queda de 15% nos emplacamentos em todos os segmentos – em janeiro, a Federação aguardava recuo de 5,2%. O maior impacto é esperado entre caminhões, com 23% licenciamentos a menos em comparação com 2015. As vendas de ônibus devem recuar 21%; de automóveis e comerciais leves, 20% e de implementos rodoviários, 8,5%. A demanda menor por motocicletas deve registrar queda acumulada de 5% até dezembro.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

 

 

 

Autoescolas de SP são investigadas por fraude em sistema de provas

CFCs usavam softwares para burlar registro de presença de motoristas em processo de reciclagem
CFCs usavam softwares para burlar registro de presença de motoristas em processo de reciclagem

A suspeita de fraudes na capital paulista na aplicação de provas teóricas de condutores em processo de reciclagem será investigada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP). Portaria publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira, 6, abre processos administrativos contra 11 estabelecimentos credenciados.

Estes Centros de Formação de Condutores (CFCs) foram fiscalizados em abril durante operação deflagrada pela autarquia na capital. Na ocasião, foram encontrados os programas TeamViewer, SupRemo e AnyDesk, usados para fraudar o acesso remoto de terceiros às máquinas destinadas exclusivamente para a aplicação dos exames.

Também por causa do uso do software, outros oito CFCs tiveram as atividades suspensas recentemente por um período de 15 dias. Segundo a autarquia, prática representa “risco iminente à administração pública”.

As autoescolas, depois de notificadas, têm direito a apresentar defesa até a conclusão dos processos. Existe, inclusive, a possibilidade de descredenciamento dos CFCs.

A operação realizada mês passado foi a primeira deflagrada com a finalidade de verificar a aplicação de provas de reciclagem. O Detran-SP faz regularmente fiscalizações em CFCs, médicos e psicólogos credenciados e em locais de exames práticos para combater eventuais irregularidades.

Antifraude
Um novo sistema que exige a obrigatoriedade de validação da biometria digital do condutor na abertura e no encerramento da prova de reciclagem, bem como aleatoriamente na realização do teste, está em fase de implantação em São Paulo. A biometria digital antes só exigia a coleta no início da prova.

Agora, a prova só tem início depois de verificado o funcionamento de uma webcam de monitoramento frontal do condutor. O novo sistema captura fotos do candidato e o resultado do teste e o resultado do teste é transmitido eletronicamente ao Detran.SP, via sistema e-CNHsp.

“A finalidade dessas medidas é reduzir as chances de fraude e conferir mais lisura e segurança ao processo de reabilitação. Aprimoraremos o sistema de verificação e intensificaremos as fiscalizações para que fique cada vez mais difícil a ocorrência de qualquer tipo de ilegalidade”, afirma Neiva Aparecida Doretto, diretora-vice-presidente do Detran-SP.

Fiscalização
Cerca de 1,5 mil fiscalizações foram feitas em todo o Estado no ano passado, um aumento de 66% em relação às 900 diligências realizadas em 2014. De janeiro a março deste ano foram 340 ações.

O auxílio da sociedade é imprescindível para o combate contínuo à corrupção. Quaisquer suspeitas de irregularidade devem ser denunciadas à Ouvidoria, que pode ser acionada pelo portal www.detran.sp.gov.br, ou diretamente neste link http://bit.ly/1ZfLWnf. O Detran.SP garante sigilo absoluto ao denunciante.

É importante salientar que se o cidadão concorda com um ato ilícito ele é conivente e também pode responder criminalmente por corrupção ativa ou passiva, com penas de prisão de 2 a 12 anos, além de multa.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Modernawww.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

 

Detran paulista vincula serviços online ao Facebook

Facebook agora é canal de integração a 26 serviços online do Detran
Facebook agora é canal de integração a 26 serviços online do Detran

Serviços eletrônicos do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) agora podem ser acessados por usuários conectados ao Facebook. A integração com a rede social é uma forma encontrada pela autarquia para facilitar a vida de quem esquece o login e senha da página dos serviços de trânsito, que conta com 10 milhões de usuários cadastrados.

A um clique, estão disponíveis 26 serviços online voltados para veículos, habilitações e infrações. Para usar o novo recurso, o internauta deve estar cadastrado no site da autarquia. Para se logar, é necessário informar o número do CPF e a senha. Assim que o sistema reconhecer o usuário, clique na opção “Meu cadastro”. No campo “Associar contas”, inclua o e-mail utilizado para entrar no Facebook e a senha. Pronto. Vincule a conta e salve a mudança, clicando em “Confirmar”. Se o usuário quiser desfazer a opção, basta apertar “Remover” e salvar a mudança. Nenhuma informação do usuário é postada nas redes sociais.

Leia também: Candidato à CNH pode fazer simulado de prova teórica por rede social

Aquele que já tem o cadastro vinculado ao Facebook pode se logar no portal do Detran.SP, na tela inicial, clicando no ícone da rede social no topo da página.

De acordo com a diretora-vice-presidente do Detran-SP, Neiva Aparecida Doretto, a novidade segue a tendência de grandes sites que vinculam as contas das redes sociais de um…[LEIA MAIS]