Ponte da Amizade é revitalizada e reforça integração Brasil-Paraguai

Ponte da Amizade é revitalizada e reforça integração Brasil-Paraguai
Transitam diariamente pela Ponte da Amizade 15 mil pessoas e 40 mil veículos

Transitam diariamente pela Ponte da Amizade 15 mil pessoas e 40 mil veículos

Foram entregues as obras da Ponte da Amizade, importante elo entre Brasil e Paraguai, na divisa de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, com Ciudad del Este. A entrega ocorreu em cerimônia na rodovia BR-277/PR.

As obras tiveram início em outubro de 2014 e fazem parte do Projeto Beira Foz para a recuperação da margem brasileira do Rio Paraná. O projeto foi realizado sob a supervisão do Departamento Nacional de Transportes Terrestres (DNIT). A revitalização foi feita na modalidade Regime Diferenciado de Contratação (RDC).

Transitam diariamente pela Ponte da Amizade 15 mil pessoas e 40 mil veículos movimentando a economia e gerando recursos para os dois países.

Entre os trabalhos feitos na ponte destacam-se o recapeamento do asfalto, substituição de juntas de dilatação da ponte, fixação de grades laterais, reforço nas estruturas e cobertura da passarela de pedestres. Toda ponte recebeu nova pintura e iluminação.

O Ministério dos Transportes reassumiu o compromisso do governo federal em relação às obras estruturantes para o país. O ministro Maurício Quintella falou da fusão do setor de aviação civil ao ministério e citou as parcerias internacionais no setor, como o acordo sobre serviços aéreos assinado entre o Brasil e o Paraguai, que tem como intuito facilitar e ampliar o fluxo de passageiros e carga entre os países.

“Os órgãos governamentais, entidades representativas e a própria sociedade participam de um novo modelo de gestão do país, que prioriza parcerias positivas em busca de investimentos para que o Brasil volte a crescer e desenvolver-se”, concluiu.

ponte_final

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

Publicidade

 

Categories: NOTÍCIAS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios são marcados com*