Detran-PR pede a laboratórios celeridade com exames toxicológicos

Detran-PR pede a laboratórios celeridade com exames toxicológicos

Overview

Reunião com representantes de laboratórios

Reunião com representantes de laboratórios

Dificuldades na realização dos exames toxicológicos por parte de cidadãos que precisam renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou adicionar categoria para o exercício da profissão de transportador levaram o Departamento Estadual de Trânsito do Paraná (Detran-PR) a convocar representantes de laboratórios credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para uma reunião. O encontro ocorreu em Curitiba, na sede da autarquia.

“A ideia é estabelecer um canal de comunicação com as empresas, dividir com elas nossas preocupações e tentar resolver os problemas que os usuários têm nos relatado. Este diálogo nunca existiu, pois, todo o processo foi implantado pelo Denatran, sem a participação dos Estados. Assim, havia muitas dúvidas que precisavam ser esclarecidas, de ambas as partes”, explicou o diretor-geral do Detran Paraná, Marcos Traad.

“No Paraná, adotamos esta postura desde 2011 e conversamos com todos nossos parceiros externos. No caso dos laboratórios, apesar de não estarem ligados diretamente ao Detran, estão prestando um serviço aos motoristas. Nos reunimos repetidas vezes com o Denatran e estamos preocupados com a falta de informações sobre o toxicológico”, completou.

O órgão de trânsito pede a padronização dos laudos de exames. Cada laboratório adotou um modelo, o que dificulta os lançamentos dos dados nos sistemas de habilitação. “Faremos as correções imediatamente, seguindo a solicitação do Detran e priorizando os campos obrigatórios”, adiantou o diretor do Laboratório Psychemedics, Eduardo Bloch.

O que mais preocupa a direção do Detran, no entanto, é a…[LEIA MAIS]

Pages: 1 2

Categories: NOTÍCIAS

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*