Caminhoneiros usam simuladores de direção em treinamento

Caminhoneiros usam simuladores de direção em treinamento
Equipamentos vão capacitar 50 mil profissionais das estradas em três anos

Equipamentos vão capacitar 50 mil profissionais das estradas em três anos

Caminhoneiros em treinamento agora contam com um instrumento que, comprovadamente, ajuda tem contribuído com a redução de acidentes de trânsito. Profissionais das estradas capacitados pelo SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) têm parte das instruções nos simuladores de direção veicular, que a partir de julho serão obrigatórios para candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Os 60 equipamentos híbridos oferecidos devem capacitar 50 mil motoristas de caminhão, carreta e ônibus até 2019.  Serão investidos R$ 41,56 milhões no projeto, montante que inclui o desenvolvimento de cursos, horas técnicas de manutenção, capacitação de instrutores e proposta pedagógica. Cada simulador custa, em média, R$ 692,7 mil.

A direção segura e eficiente, além de ajudar a reduzir acidentes e morte no trânsito, contribui ainda economicamente com a redução do consumo de combustível, menor custo de manutenção e menor impacto ao meio ambiente. “Além de contribuir para a segurança, o treinamento com os simuladores será importante para a redução de custos dos transportadores. O projeto atende à missão do SEST SENAT de promover o desenvolvimento profissional dos trabalhadores do setor de transporte e a responsabilidade socioambiental”, diz o presidente do Conselho Nacional do SEST SENAT e da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Clésio Andrade.

Motoristas poderão vivenciar situações de risco por meio da tecnologia. Até junho do ano que vem, todos os 60 simuladores estarão em funcionamento. Salas específicas de treinamento estão em construção nas unidades.

A infraestrutura utiliza recursos de alto padrão tecnológico e didático, com sistema de som e imagens.  Cinco cursos estão sendo lançados, adaptados ao equipamento. Os conteúdos abordam temas como condução segura e econômica, situações de risco, uso de tecnologias embarcadas, aperfeiçoamento de motoristas para o transporte de passageiros e cargas especiais e manobras.

Resultados
Em pelo menos onze países em que os simuladores são usados, a experiência trouxe resultados. No Japão, por exemplo, motociclistas usam o aparelho para aprender a dirigir há 20 anos. A queda nos acidentes sobre duas rodas já foi expressiva em 1998. Em 2007, a utilização do equipamento também passou a ser obrigatória para a formação de motoristas.

Na Tailândia, China e França, os simuladores são permitidos para cumprimento de parte da carga horária. Os aparelhos vêm sendo amplamente utilizados pelas autoescolas e são considerados um importante aliado para melhoria do processo de formação.

Na Holanda, autoescolas apoiam o uso do simulador de direção na formação de motoristas. A categoria divulga os benefícios e a redução no índice de reprovações, além da melhoria no nível de habilidade do condutor. Há também o uso regulamentado de simuladores de direção veicular e anotação de resultados em países como República Tcheca, Irlanda, Lituânia, Romênia, Rússia e Eslováquia.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Portal VOIT – www.voit.com.br

 

Publicidade

 

Comments

  1. Vivian
    Vivian 5 julho, 2016, 08:51

    Excelente ferramenta pedagógica!
    Parabéns ao Sest Senat!!!

    Reply this comment

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.
Campos obrigatórios são marcados com*