Caminhoneiro paranaense leva 15 dias para renovar CNH com exame toxicológico

Exames toxicológicos são feitos por seis laboratórios credenciados
Exames toxicológicos são feitos por seis laboratórios credenciados

A renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista Elenilson José Lopes, primeiro profissional paranaense que fez o exame toxicológico para a emissão do documento atualizado, levou três vezes mais que o tempo convencional. Em processos sem a exigência de cumprimento à norma federal, o Detran do Paraná emite a CNH nova em até cinco dias.

O exame é obrigatório desde 2 de março, por força da Lei Federal 13.103/15, que determina a realização de exame que reconhece se o motorista consumiu drogas num período de 90 dias. Desde o início do mês, cerca de 7,5 mil paranaenses ainda aguardam resultados dos exames para prosseguirem com o processo de renovação da CNH.

Leia também: Detrans irão ao STF contra exame toxicológico

Lopes precisou se deslocar até outra cidade para fazer o exame. De Telêmaco Borba, onde mora, até Ponta Grosso, onde está sediado o laboratório em que fez a coleta, a viagem levou uma hora e meia. Com o laudo em mãos dez dias depois, o motorista levou a cópia para o médico credenciado no Detran e fez os exames de saúde física e mental. Agora, Lopes espera para receber a CNH em casa.

Credenciamento
Seis laboratórios em todo o país foram credenciados…[LEIA MAIS]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *